sexta-feira, 19 de julho de 2013

Carta de Jonathan Edwards para seu filho


Olá mamães,
Na última postagem refletimos sobre a santa preocupação de nos dedicarmos com empenho na tarefa tão linda de conduzir nossos filhos a Jesus.
Hoje quero compartilhar algo muito especial, que me impressionou muito. É uma carta, escrita por Jonathan Edwards(falamos dele e de sua esposa aqui) e enviada para um de seus filhos. O tema é a importância de entregar a vida a Jesus o quanto antes, já que a vida é incerta. Encontrei neste link do site Monergismo que tem vários outros artigos maravilhosos também.

 Stockbridge, 27 de maio de 1755.
Querido filho,
Embora muito distante de nós, você não está distante de nossas mentes: Eu me preocupo muito com você, freqüentemente penso em você, e freqüentemente oro por você. Embora você esteja muito longe de nós, e de todos os seus familiares, contudo, é conforto para nós que o mesmo Deus que está aqui também está em Onohoquaha e que embora você esteja longe de nossa visão e de nossa assistência, você sempre está nas mãos de Deus, que é infinitamente gracioso; e nós podemos ir a Ele, e te submeter ao Seu cuidado e misericórdia . Cuide para que você não O esqueça ou negligencie. Tenha sempre a Deus perante seus olhos, e viva em Seu temor, e O busque a cada dia com toda a diligência: porque Ele, e somente Ele pode fazer você feliz ou miserável, conforme Lhe agrade; e sua vida e saúde, e a salvação eterna de sua alma e tudo nesta vida, e na que está por vir, depende de Sua vontade e desejo.
Na última semana que passou, na quinta-feira, David morreu; aquele que você conhecia e com quem brincava, e que vivia em nossa casa. Sua alma entrou no mundo eterno. Se ele estava preparado para a morte, nós não sabemos. Este é um aviso audível de Deus para que você se prepare para a morte. Você vê que ele sendo jovem morreu, tal qual aqueles que são velhos; David não era muito mais velho do que você. Lembre-se do que Cristo disse, que você deve nascer de novo, ou nunca verá o Reino de Deus. Nunca se dê ao descanso enquanto não tiver uma boa evidência de que você é convertido e tornou-se uma nova criatura .
Nós esperamos que Deus preserve sua vida e saúde, e que você retorne a Stockbridge novamente a salvo; mas sempre se lembre de que esta vida é incerta; você não sabe se irá morrer em breve, portanto há a necessidade de estar sempre pronto. Nós temos a pouco ouvido que seus irmãos e irmãs em Northhampton e em Newark estão bem. Seu idoso avô e sua avó, quando eu estava em Windsor, mandaram dizer que o amam. Todos nós aqui dizemos o mesmo.
Eu, seu terno e afetuoso pai,
Jonathan Edwards.
Traduzido por: Márcio Santana Sobrinho 

Agora a parte que me deixou mais impressionada:
Jonathan Edwards enviou em 1755 esta carta a seu filho Jonathan Edwards Jr, que tinha a idade de nove anos e estava com Gideon Hawley em uma viagem missionária entre os índios.
Fiquei impressionada com a seriedade com que esse incrível ministro do evangelho tratava o assunto da vida eterna ao falar com uma criança. 
Acredito que poucos de nós, pais e mães cristãos, tratamos do tema dessa forma com nossos filhos, especialmente quando ainda são pequenos. 
A verdade é que até evitamos pensar que nossos filhos um dia estarão diante do Deus Altíssimo e que será aberto o Livro da Vida. Mas esse dia vai chegar mais cedo ou mais tarde... e eles precisam estar preparados.
Que o Senhor nos capacite e dê sabedoria para que possamos tratar esse assunto com a seriedade que ele exige.

Um beijinho,
Da mamãe
do Gabriel e da Alice

Um comentário:

  1. Muito bom! É um alerta para todos nós em primeiro lugar! Se não tivermos "uma boa evidência de que você é convertido e tornou-se uma nova criatura" não poderemos passar adiante...
    Que Deus não nos dê o descanso, enquanto não tivermos a certeza do descanso eterno Nele mesmo!

    ResponderExcluir